Na próxima segunda-feira encerra o prazo para inscrições no concurso PGE/RS Procurador. São 7 vagas com remuneração de R$ 20,3 mil.

Conheça nosso curso Intensivo: PGE/RS Procurador do Estado

Atenção futuros Procuradores! A Procuradoria Geral do Rio Grande do Sul prorrogou as inscrições do certame para o cargo de Procurador. Assim, os interessados em uma das vagas, com remuneração de  R$ 20.353,06, ainda podem se candidatar.

Dentre os requisitos para concorrer a uma das vagas de Procurador, está a escolaridade. Neste caso, será necessário comprovar formação superior em Direito.

Concurso PGE/RS: inscrições

De acordo com o edital 02/2021, publicado no Diário Oficial RS do último dia 6, as inscrições do concurso para Procurador iniciaram no dia 8 de setembro de 2021, e serão aceitas até às 17h do dia 18 de outubro, pela internet, nos sites da PGE/RS , www.pge.rs.gov.br, e da FUNDATEC, www.fundatec.org.br. Entretanto, a taxa de participação, no valor de R$323,00 pode ser efetuado até o dia 19/10/2021.

Vagas e remuneração

O certame irá preencher 7 vagas no cargo de Procurador do Estado. Além do mais, o edital informa que mais aprovados poderão ser convocados, no caso de abertura de novas vagas na classe inicial, a critério da Administração, observado juízo de conveniência e oportunidade, devidamente justificado, e a alternância e proporcionalidade entre as vagas de ampla concorrência e as reservadas.

Das 7 vagas, 10% serão reservadas á pessoas com deficiência e 16% à candidatos negros. Ademais, o concurso terá validade de dois anos a contar da homologação, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período, mediante ato do PGE-RS.

A remuneração inicial do cargo de Procurador do Estado é de R$ 20.353,06, podendo chegar até R$  27.919,16.

Concurso terá 3 fases

O concurso para Procurador será realizado em cinco etapas, sendo que as provas serão aplicadas em três fases,  todas de caráter eliminatório e classificatório.

Vale ressaltar que, de acordo com o cronograma, a divulgação da nominata da banca examinadora, assim como o horário e local da prova da Fase Objetiva, aplicada em Porto Alegre, serão divulgados em 20 de outubro. 

1ª fase: prova objetiva  – 100 questões, valendo um ponto cada.

20 questões de Língua Portuguesa 

80 questões de Disciplinas Jurídicas: Direito Constitucional; Administrativo; Tributário e Financeiro; Processual Civil; Seguridade Social e Direito Previdenciário; do Trabalho e Processo do Trabalho; Civil; Econômico; Empresarial; e Penal).

Serão aprovados para a fase escrita, os 200 primeiros candidatos que obtiverem, no mínimo, 50% de aproveitamento em cada uma das áreas de conhecimento da prova objetiva, sendo a nota igual ou superior a 60 pontos.

Vale ressaltar que, para as vagas destinadas às pessoas com deficiência, serão habilitados os primeiros 28 candidatos. Já para as oportunidades reservadas aos negros, serão aprovados os 44 primeiros.

2ª fase: fase escrita – seis provas dissertativas e uma prova de elaboração de trabalho jurídico (parecer ou peça processual), com matérias sobre disciplinas que serão apresentadas no edital. Assim, cada sessão de realização das provas da Fase Objetiva e da Fase Escrita terá a duração máxima de cinco horas.

As seis provas dissertativas serão constituídas, cada uma delas, de três questões, sendo:

a) Prova de Direito Constitucional;

b) Prova de Direito Administrativo;

c) Prova de Direito Tributário e Financeiro;

d) Prova de Direito Processual Civil;

e) Prova de Seguridade Social e Direito Previdenciário;

f) Prova de Direito do Trabalho e Processo do Trabalho.

A prova de elaboração de trabalho jurídico consistirá na elaboração de parecer ou peça processual e envolverá matérias pertinentes a quaisquer das disciplinas acima.

Desse modo, cada prova valerá 100 pontos, assim distribuídos: 50 pontos para a primeira questão e 25 pontos para as demais.

Para ser aprovado será preciso obter, cumulativamente, no mínimo:

  • 50 pontos em cada uma das provas dissertativas e 60 pontos na média aritmética; e
  • 60 pontos no trabalho jurídico.

Assim, a nota da Fase Escrita resultará da seguinte média ponderada:

a) Média aritmética das notas das provas dissertativas – Peso 6 ;

b) Nota da prova de elaboração de trabalho jurídico – Peso 4 ;

3ª fase: definitiva – quatro provas orais e uma prova de sustentação oral, sobre disciplinas que constarão no edital.

Assim, as provas orais serão realizadas em sessões públicas e consistirão na arguição de conhecimentos jurídicos, abrangendo, total ou parcialmente, as seguintes matérias: Direito Constitucional; Direito Administrativo; Direito Tributário e Financeiro; Direito Processual Civil.

Para alcançar a aprovação nesta fase, será necessário obter um mínimo de 50 pontos em cada prova e 60 pontos na média aritmética.

Ademais, a prova de sustentação oral consistirá na apresentação, em tribuna, de tese elaborada pelo candidato, na condição de Procurador do Estado, a partir de um caso previamente proposto, abrangendo, total ou parcialmente, as matérias pertinentes às disciplinas acima citadas. Com isso, será considerado aprovado na prova de sustentação oral o candidato que obtiver um mínimo de 60 pontos. 

 A nota da Fase Definitiva resultará da seguinte média:

a) Média das notas das provas orais – Peso 6

b) Nota da prova de sustentação oral – Peso 4 .

Além disso, os candidatos aprovados serão submetidos a mais duas etapas: – sindicância sobre a vida pregressa 

– prova de títulos, valendo de zero a 100 pontos. 

Concurso PGE/RS Procurador: principais datas

Período de inscrições provisórias exclusivamente via internet – 08/09/2021 a 18/10/2021

Último dia para pagamento da taxa de inscrição – 19/10/2021

Publicação da nominata da banca examinadora da Fase Objetiva/ Publicação do Edital de data, horário e local da prova da Fase Objetiva – 20/10/2021

Divulgação do link de consulta de sala de realização da prova da Fase Objetivam – 26/10/2021

Prova Objetiva – 07/11/2021

Concurso PGE/RS Procurador: Resumo

  • Órgão: Procuradoria Geral do Estado do Rio Grande do Sul – PGE/RS
  • Escolaridade: nível superior 
  • Vagas: 7
  • Cargo: Procurador do Estado
  • Remuneração Inicial: R$ 20.353,06
  • Inscrições: até 18/10
  • Banca: Fundatec
  • Status: edital publicado

Canal exclusivo – Carreiras Jurídicas

Quer ficar sabendo em primeira mão sobre as principais notícias dos concursos? Então acompanhe o nosso canal do Telegram. Além disso, você receberá materiais de apoio para os estudos e convites para eventos gratuitos.

Comentários

Comentários

Share.

About Author

Analista de Marketing - Verbo Jurídico Time Verbo Jurídico

Comments are closed.